Brasil

‘Vim do inferno’, disse homem que matou três em igreja; vídeo mostra invasão

A informação foi divulgada pelo porta-voz da Polícia Militar mineira, major Flávio Santiago, com base em relatos de testemunhas que escaparam do ataque, ocorrido na noite desta terça-feira (21).

“NO MOMENTO EM QUE ELES ENTRARAM (NA IGREJA), ELE TOMOU UMA MULHER COMO REFÉM E DISSE: ‘EU VIM DO INFERNO, TENHO ALGUMAS MISSÕES PARA CUMPRIR’ E ATIROU NELA. NÃO DEU NEM TEMPO PARA NEGOCIAÇÃO. AÍ OS POLICIAIS ATIRARAM NELE”, EXPLICOU O MAJOR.

Gravação
Um vídeo, publicado pelo site Metrópoles, mostra o momento em que o atirador invade a igreja, antes de matar as três vítimas. As imagens mostram o momento em que o criminoso caminha em direção ao templo e arranca uma parte da grade para conseguir entrar no local. Em seguida, ele abre uma porta de correr. Nos segundos finais do vídeo, é possível ver uma mulher deixar o local, mas Rudson pede a ela para voltar.

O atirador, então, tenta fechar a porta. O material ainda será analisado pela Polícia Civil de Minas Gerais, pois o equipamento de filmagem mostra a data de 20 de abril, mas a situação foi confirmada por testemunhas. Assista.

 

Correios fecharão mais 161 agências no país.

Maioria das unidades que serão desativadas ocupa imóveis alugados e está próxima de outras agências. De acordo com os Correios, “o atendimento será absorvido por outras agências próximas, sem prejuízo da continuidade e da oferta de serviços e produtos”.

Os Correios anunciaram o fechamento de mais 161 agências próprias até o dia 5 de julho. Os motivos são “readequação da rede de atendimento e da força de trabalho”. A maior parte das agências é no estado do Rio de Janeiro, sendo 24 na capital fluminense. Em seguida vem o estado de São Paulo, com 26 agências, sendo 15 na capital paulista (veja lista ao final da reportagem).

De acordo com os Correios, “o atendimento será absorvido por outras agências próximas, sem prejuízo da continuidade e da oferta de serviços e produtos”.

A maioria das unidades que serão desativadas ocupa imóveis alugados e está próxima de outras agências.

Os empregados dessas agências serão transferidos para outras unidades com vagas em outros municípios ou poderão optar pelo reenquadramento de atividade. Quem for atendente comercial das agências que serão fechadas pode pedir transferência para o cargo de carteiro, segundo comunicado interno dos Correios.

Outra opção aos atendentes comerciais é aderir ao Plano de Desligamento Voluntário (PDV) anunciado este mês, cujas inscrições vão até 12 de junho. Os Correios esperam a adesão de 7,3 mil empregados.

Para os demais cargos, até a data de fechamento das agências, haverá orientação sobre a transferência para unidades que abrangem a atividade ou especialidade do cargo.

 

 

Correios fecharão mais 161 agências no país.

Maioria das unidades que serão desativadas ocupa imóveis alugados e está próxima de outras agências. De acordo com os Correios, “o atendimento será absorvido por outras agências próximas, sem prejuízo da continuidade e da oferta de serviços e produtos”.

Os Correios anunciaram o fechamento de mais 161 agências próprias até o dia 5 de julho. Os motivos são “readequação da rede de atendimento e da força de trabalho”. A maior parte das agências é no estado do Rio de Janeiro, sendo 24 na capital fluminense. Em seguida vem o estado de São Paulo, com 26 agências, sendo 15 na capital paulista (veja lista ao final da reportagem).

De acordo com os Correios, “o atendimento será absorvido por outras agências próximas, sem prejuízo da continuidade e da oferta de serviços e produtos”.

A maioria das unidades que serão desativadas ocupa imóveis alugados e está próxima de outras agências.

Os empregados dessas agências serão transferidos para outras unidades com vagas em outros municípios ou poderão optar pelo reenquadramento de atividade. Quem for atendente comercial das agências que serão fechadas pode pedir transferência para o cargo de carteiro, segundo comunicado interno dos Correios.

Outra opção aos atendentes comerciais é aderir ao Plano de Desligamento Voluntário (PDV) anunciado este mês, cujas inscrições vão até 12 de junho. Os Correios esperam a adesão de 7,3 mil empregados.

Para os demais cargos, até a data de fechamento das agências, haverá orientação sobre a transferência para unidades que abrangem a atividade ou especialidade do cargo.

 

 

Após relatório da CPRM, Braskem decide paralisar atividades em Alagoas

A Braskem informou na tarde desta quinta-feira (9) que decidiu paralisar todas as suas as atividades em Alagoas. A assessoria de comunicação da empresa informou que estão suspensos a extração da sal-gema e o funcionamento das fábricas.

O trabalho de mineração feito pela empresa foi apontado pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM) como a causadora das rachaduras nos bairros do Pinheiro, Mutange e Bebedouro.

De acordo com a assessoria, a Braskem é uma petroquímica que tem atividades de mineração. Quando ela minera a sal-gema, que é a matéria-prima, ela abastece as outras plantas. Então, a suspensão das atividades da extração provoca uma reação em cadeia, atingindo os outros setores.

G1 questionou à assessoria como vai ficar a situação dos funcionários que trabalham na empresa. Em resposta, a assessoria disse que as únicas informações sobre o fechamento constam na nota divulgada nesta tarde (veja abaixo).

Confira abaixo a nota oficial da Braskem:

"A Braskem iniciou o processo de paralisação da atividade de extração de sal e da consequente paralisação das fábricas de cloro-soda e dicloretano localizadas no bairro do Pontal da Barra em Maceió/AL. Além disso, a Companhia está avaliando os impactos na planta de PVC em Marechal Deodoro/AL e nas suas plantas do Polo de Camaçari/BA, uma vez que estão integradas na cadeia produtiva. A empresa usará todos os padrões de segurança aplicáveis para esse processo.

Essa medida ocorre em função dos desdobramentos decorrentes da divulgação do Relatório n.1 pelo Serviço Geológico do Brasil – CPRM, que discorre sobre as causas dos eventos geológicos que afetaram o bairro do Pinheiro. A Companhia analisará os resultados apresentados bem como as medidas cabíveis a respeito do assunto. A Braskem vem colaborando com as autoridades na identificação das causas dos eventos com apoio de especialistas independentes. Tendo em vista o compromisso com a segurança das pessoas, a Braskem reafirma que continuará implementando as ações emergenciais na região e avaliará junto aos órgãos competentes a implementação e adoção de medidas adicionais".

 

Ninguém acerta as seis dezenas da Mega-Sena e prêmio vai a R$ 275 milhões

A Mega-Sena acumulou pela 14ª vez consecutiva, nesta quarta-feira (8), no concurso 2.149. O prêmio estimado para o próximo concurso é de R$ 275 milhões. Os números sorteados foram: 21 – 23 – 37 – 44 – 46 – 48. O sorteio ocorreu em São Paulo (SP).

Na quina, 496 apostas acertaram os números e cada apostador vai receber R$ 35.200,20. A quadra saiu para 32,880 ganhadores e cada um vai receber R$ 758,57.

O próximo sorteio será no sábado (11).

Motoristas de aplicativos Uber e 99 fazem greve por lucros maiores

Motoristas dos aplicativos Uber e 99 iniciaram uma greve nesta quarta-feira (8) no Brasil, que deve durar até a 0h de quinta-feira (9). Lucros maiores estão entre as reivindicações.

Procurados pelo G1, motoristas da Uber disseram que as orientações sobre a paralisação correm em grupos de WhatsApp exclusivos da categoria. A principal recomendação é de que eles mantenham o app desconectado de 0h desta quarta à 0h de quinta.

Em nota à imprensa, sobre as manifestações, a 99 disse que "é a favor da liberdade de expressão".

As reivindicações dos trabalhadores para as empresas são:

  • Aumento nas tarifas para os passageiros;
  • Redução da taxa cobrada pela Uber, que varia entre 25 e 40% das corridas;
  • Informar o destino final do passageiro para o motorista antes do aceite das corridas.

De acordo com um motorista que preferiu ter sua identidade preservada, os motoristas têm liberdade para aderirem ou não ao movimento. Ele optou pela greve e segue com o aplicativo da Uber fechado.

Como consequência pela menor quantidade de carros disponíveis, as corridas estão mais caras para os passageiros nesta quarta.

Os motoristas ouvidos pelo G1 apresentaram imagens do aplicativo que mostram localidades cobertas por manchas alaranjadas, que representam áreas com grandes demandas.

A greve deverá ser marcada também por manifestações em diversas partes do país, como em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Bahia e Recife.

Procurada pelo G1, a Uber ainda não se posicionou. Associações e sindicatos de motoristas também não retornaram os contatos para posicionamento.

A 99 divulgou a seguinte nota: "A 99 informa que a remuneração de seus motoristas parceiros contempla duas variáveis: tempo e distância percorrida, além de uma tarifa mínima. Os ganhos do condutor são calculados de forma independente do valor pago pelo passageiro. A empresa reforça seu compromisso de trabalhar para aumentar a renda dos condutores por meio de um número maior de chamadas e da cobrança de taxas menores em comparação à concorrência. Em relação às manifestações, a 99 é a favor da liberdade de expressão."

 

Assinar este feed RSS

Mapa de Seções

Entretenimento

Notícias Locais

Sobre Nós

Nos Siga

×

Se inscreva e fique por dentro!

Seja o Primeiro a saber quando anunciarmos uma promoção

Check out our Privacy Policy & Terms of use
You can unsubscribe from email list at any time