Itens filtrados por data: Quarta, 15 Maio 2019

AMBULÂNCIA DE RIACHÃO DO JACUÍPE TOMBA NA BA-120 APÓS SER ATINGIDA POR CARRO DA SECRETARIA DE SAÚDE DE VALENTE-BA

Uma ambulância capotou após ser atingida na traseira por um carro pertencente a Secretaria de Saúde da cidade de Valente, na tarde desta segunda-feira (13), no trecho da rodovia BA-120 que liga os municípios de Riachão do Jacuípe e Conceição do Coité, na região nordeste da Bahia.
 
O Notícias de Santaluz apurou que os veículos seguiam no sentido Riachão do Jacuípe quando uma pessoa atravessou na frente da ambulância. Após o condutor frear o veículo, o motorista do carro que levava pacientes de Valente para Salvador e que vinha logo atrás, não conseguiu desviar e atingiu a traseira da ambulância, que saiu da pista e capotou.
 
 
Ainda de acordo com as informações apuradas, os ocupantes do carro não sofreram ferimentos e vão seguir viagem para a capital baiana em outro automóvel enviado ao local pela prefeitura de Valente.
 
Até a publicação desta reportagem não havia informações sobre os ocupantes da ambulância, que seria de Riachão do Jacuípe. Entretanto, a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) informou que não houve vítimas fatais no acidente.
Leia mais ...

Estado da Bahia é obrigado a tratar paciente Testemunha de Jeová com leucemia.

Uma liminar obriga o Estado da Bahia a transferir uma paciente internada no Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana, para o Hospital Santa Isabel, em Salvador, para realizar um tratamento de leucemia, sem necessidade de transfusão de sangue. A paciente é Testemunha de Jeová e, pela religião, não pode receber transfusão de sangue. De acordo com a Defensoria Pública da Bahia, a unidade hospitalar de Feira de Santana não possui estrutura adequada para realizar o tratamento respeitando o credo religioso da paciente.

A paciente está internada no Hospital Clériston Andrade desde o início do mês de março deste ano e rejeita o tratamento com transfusão de sangue. A família da paciente procurou a Defensoria Pública no mês de abril. As defensoras públicas Julia Almeida Baranski e Paloma Pina Rebouças ajuizaram a ação com obrigação de fazer do Estado. “O Estado brasileiro é laico e a Constituição elencou a liberdade de culto e de crença como direito fundamental de todos. É preciso garantir à paciente que sua fé não seja desrespeitada por procedimentos médicos que contrariem sua religião, especialmente quando a própria rede pública de saúde dispõe de unidade hospitalar capaz de realizar o tratamento que contemple ambos os direitos”, declarou Julia Baranski.

A decisão ainda não foi cumprida pelo Estado, e a paciente aguarda a transferência. A defensora explica que o direito à saúde e o direito à liberdade religiosa devem ser observados com ponderação e proporcionalidade pelo Estado e pelo Poder Judiciário. A liminar até aqui não foi cumprida porque o Estado ainda não foi intimado. “Mas não é apenas que não tenha sido intimado, nas ações de saúde o Estado geralmente procura se opor o quanto pode a cumprir com as decisões”, considerou.

Leia mais ...

Grupo chinês confirma investimento de R$ 1 bi em energia renovável na Bahia

Garantia foi dada pelo presidente da CGN Energy International Holdings

O governador Rui Costa, anunciou na noite de ontem (14), por meio das redes sociais, que a empresa chinesa CGN Energy International Holdings investirá R$ 1 bilhão em energia solar e eólica na Bahia.

A garantia foi dada pelo presidente da companhia, Zeng Qi Bo, durante encontro com o gestor na cidade de Shenzen.

É o último dia da missão do governo do estado no país asiático. 

"Uma notícia maravilhosa. Um investimento de R$ 1 bilhão em energia eólica e energia solar na Bahia, na região de Caetité, Tanque Novo, em Morrinhos e Bom Jesus da Lapa. Estamos voltando hoje para o Brasil ainda mais alegres do que saímos, com tantos investimentos que estamos levando para a Bahia", disse Rui, em vídeo publicado nas redes.

No final de junho, diretores da empresa vão fazer uma solenidade para detalhar esses investimentos no estado.

 

Leia mais ...

Secretário é preso em ação contra esquema na Câmara de Ilhéus; dois vereadores estão foragidos

O ex-vereador e secretário municipal de Agricultura de Ilhéus, Valmir Freitas, e dois empresários foram presos ontem (15) na Operação Xavier, deflagrada pelo Ministério Público estadual, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), no sul do estado.

Eram sete mandados de prisão e outros quatro suspeitos estão foragidos. Os executivos envolvidos tinham empresas que prestavam serviços terceirizados de organização das licitações e de contabilidade à Câmara Municipal de Ilhéus.

Segundo a investigação, as empresas eram responsáveis pelas fraudes em licitações que geraram contratações direcionadas de outras empresas pré-selecionadas.

Os valores dos contratos, por sua vez, eram superfaturados e uma parte deles era destinada como propina a vereadores que ocuparam a presidência do parlamento municipal no período investigado.

Estão foragidos dois vereadores, ambos ex-presidentes da Câmara Municipal de Ilhéus, e dois servidores da Casa Legislativa. 
 
A operação também cumpriu dez mandados de busca e apreensão. Foram apreendidos documentos e aparelhos eletrônicos. Conforme as investigações, a fraude foi operada entre os anos de 2001 e 2018. São investigados crimes contra a administração pública, fraudes em licitações e contratos e lavagem de dinheiro.

Leia mais ...

Jacaré é achado dentro de prédio da Avenida Paralela, em Salvador

Um jacaré foi encontrado no fundo de um prédio da Avenida Paralela, em Salvador, na tarde de quarta-feira (15).

O Grupo Especial de Proteção Ambiental (Gepa) da Guarda Civil Municipal foi acionada e fez o resgate do animal, que é da espécie jacaré-de-papo-amarelo. O animal mede cerca de 1,5 metro e pesa 30 kg.

O animal foi encaminhado para o Centro de Triagem para Animais Silvestres do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).

Jacaré é achado em prédio na Avenida Paralela, em Salvador — Foto: Divulgação/Guarda Municipal
Jacaré é achado em prédio na Avenida Paralela, em Salvador — Foto: Divulgação/Guarda Municipal

Leia mais ...

EDITAL da PM e Bombeiros 2019 para nível médio é autorizado! Salários de até R$6.765,85

Os interessados em participar do certame devem se inscrever no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano.

Corpo de Bombeiros autorizaram o lançamento de novos editais de concurso público para o Curso de Formação de Oficiais (CFO) na Paraíba. De acordo com o anúncio, os interessados em participar do certame devem se inscrever no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano. Sendo assim, o candidato de qualquer candidato do país pode fazer a prova sem sair de seu Estado.

A nota no Enem 2019 corresponderá à primeira etapa da seleção, para ingresso no Curso de Formação de Oficiais (CFO) do ano seguinte, em 2020. A inscrição no ENEM 2019 poderá ser feitas entre os dias 06 e 17 de maio de 2019, no Sistema Enem. A taxa de inscrição custará R$85,00, podendo ser paga até 23 de maio nas agências Bancárias, Casas Lotéricas e Agências dos Correios.

O concurso da PM

Para ingresso na corporação, o candidato deverá atender os seguintes requisitos: Ser brasileiro nato; Estar em dia com as obrigações militares e eleitorais; Não ter antecedentes criminais ou policiais; Achar-se em pleno gozo de seus direitos civis e políticos; Ter idoneidade moral e conduta pregressa compatível com o cargo de Oficial; Ter sido aprovado no Exame Intelectual, considerado apto nos Exames de Saúde e de Aptidão Física, indicado no Exame Psicológico e na Avaliação Social, e estar classificado dentre as vagas previstas no edital; Ter, descalço e descoberto, altura mínima de 1,65 m (um metro e sessenta e cinco centímetros), se do sexo masculino, e de 1,60 m (um metro e sessenta centímetros), se do sexo feminino; Ter concluído o ensino médio ou correspondente; Completar, no ano da matrícula do curso (até 31 de dezembro de 2019), 18 (dezoito) anos, no mínimo, e 32 (trinta e dois) anos, no máximo.

Para os integrantes da Polícia Militar do Estado da Paraíba, será exigido, além dos requisitos citados acima, o seguinte: Completar, no ano da matrícula no curso (até 31 de dezembro de 2018), no máximo 40 (quarenta) anos de idade; Estar, no mínimo, no comportamento disciplinar “BOM”. 2.2.3. Não estar submetido a Conselho de Disciplina, Processo Administrativo Disciplinar ou em cumprimento de sentença criminal; Não ter sido julgado “INCAPAZ DEFINITIVAMENTE” para o serviço militar estadual, através de laudo médico competente; e Não estar registrado em partido político e nem exercer atividade de cunho eletivo.

O ingresso no Curso de Formação de Oficiais PM dar-se-á na graduação de praça especial, como Cadete do CFO PM, e ao terminá-lo com aproveitamento, o concluinte será declarado Aspirante Oficial PM. Após submissão de um estágio probatório de, no mínimo, seis meses e preenchendo os requisitos legais previstos na Lei e Regulamento de Promoções de Oficiais, o aluno será promovido ao Posto de 2º Tenente, ingressando no Quadro de Oficiais Combatentes da Polícia Militar do Estado da Paraíba (QOC).

O Cadete do CFO/PM classificado no 1º lugar no curso será promovido ao posto de 2º Tenente PM na data de declaração do Aspirantado, independente do estágio probatório. Atendendo às exigências legais previstas na Lei e Regulamento de Promoções de Oficiais e existindo vagas, poderá galgar o Posto de Coronel PM.

Os salários oferecidos oscilam entre R$2.647,93 e R$6.715,70, conforme tabela a seguir:

Atribuições

As atribuições de cada cargo são:

Cadete PM: Exercer atividade estudantil, em regime de dedicação integral, e demais atividades internas e externas atreladas à sua formação, durante o período de duração do CFO, conforme as Normas da Academia de Policia Militar do Cabo Branco (APMCB) e o Regimento do Centro de Educação da Polícia Militar do Estado da Paraíba.

Aspirante a Oficial PM: Exercer atribuições inerentes aos ofi ciais subalternos (tenentes), com atribuições e deveres semelhantes, respeitadas as restrições previstas em leis, regulamentos e instruções pertinentes.

2º Tenente PM: Promover a Segurança Pública e a Defesa Social através de ações e operações policiais militares, coordenando, controlando e monitorando os resultados alcançados, com atribuições de comandar pelotão, coordenar policiamento ostensivo, reservado e velado, assessorar o comando, gerenciar recursos humanos e logísticos, participar do planejamento de ações e operações, desenvolver processos e procedimentos administrativos militares, atuar na coordenação da comunicação social, promover estudos técnicos e de capacitação profissional, proteger e preservar a vida dos cidadãos e garantir o pleno exercício dos seus direitos, dentre outras especificadas em normas.

concurso PM PB Oficiais deve ser composto por:

1ª Fase – Exame Intelectual (Provas Escritas – ENEM 2019).

2ª Fase – Exame Psicológico

3ª Fase – Exame de Saúde.

4ª Fase – Exame de Aptidão Física.

5ª Fase – Avaliação Social (Somente para os candidatos matriculados no CFO PM/2019).

Os Exames Psicológico, de Saúde e de Aptidão Física descritos nas 2ª, 3ª e 4ª Fases, respectivamente, são considerados Exames Complementares, para fins deste Edital.

O concurso dos Bombeiros

O ingresso no Curso de Formação de Oficiais Bombeiro Militar (CFO BM) dar-se-á na graduação de praça especial, como Cadete BM 1º ANO e ao terminá-lo com aproveitamento, o concluinte será declarado Aspirante-à-Ofi cial Bombeiro Militar. Após submissão de um estágio probatório de, no mínimo, seis meses e preenchendo os requisitos legais previstos na Lei e Regulamento de Promoções de Ofi ciais (Lei nº 3.908, de 14 de julho de 1977 e Decreto nº 7.507, de 03 de fevereiro de 1978, respectivamente), será promovido ao Posto de 2º Tenente QOBM, ingressando no Quadro de Ofi ciais Combatentes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado da Paraíba.

Ao término do curso, o Cadete do CFO BM que galgar a 1ª colocação no somatório das médias dos três anos do CFO, será promovido ao posto de 2º Tenente BM na data que for declarado Aspirante a Oficial, independente do estágio probatório, de acordo com a Lei de Promoções de Oficiais.

Os salários oferecidos oscilam entre R$ 2.688,86 e R$6.765,85, conforme disposto no quadro a seguir:

.

Atribuições

CADETE BM: Exercer a atividade estudantil, em regime de dedicação integral, e demais atividades internas e externas atreladas à sua formação, conforme o Regimento do Centro de Educação da Polícia Militar do Estado da Paraíba.

Aspirante-à-Oficial BM: Exercer as atribuições inerentes aos Oficiais subalternos (Tenentes), com atribuições e deveres semelhantes, respeitadas as restrições previstas em leis, regulamentos e instruções pertinentes.

2º Tenente BM: Promover a Segurança Pública e a Defesa Social através de ações e operações de Bombeiro Militar, e ainda, comandar guarnições e operações de salvamento e combate à incêndios, executar ações de Defesa Civil, realizar vistorias técnicas em edifi cações visando à prevenção contra incêndio e pânico e atividades de guarda vidas; gerenciar recursos humanos e logísticos, participar do planejamento de ações e operações de Bombeiro Militar, desenvolver estudos e pesquisas voltadas para a segurança de pessoas e bens, atuar em Socorro de Resgate e atendimento Pré-Hospitalar, pôr em prática o lema da Corporação: Vida Alheia e Riquezas Salvar.

O Concurso será composto de 03 (três) fases, assim dispostas:

  • a) 1ª Fase – Exame Intelectual (Provas Escritas – ENEM 2018);
  • b) 2ª Fase – Exames Complementares; e
  • c) 3ª Fase – Avaliação Social (somente para os candidatos convocados para a pré-matrícula).

Provas do ENEM

Os candidatos regularmente inscritos no presente certame serão submetidos ao Exame Intelectual (Provas Escritas) através do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM 2019), a ser realizado sob a responsabilidade do Instituto Nacional de Estudo e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP.

O candidato eliminado em virtude de ter sua inscrição indeferida pela Polícia Militar do Estado da Paraíba estará, consequentemente, eliminado do Concurso, não podendo concorrer às vagas do Concurso para o Curso de Formação de Oficiais PM/2020.

A divulgação do calendário de realização das provas, conteúdos programáticos, disponibilização das provas, entre outros referentes ao Exame Intelectual, são de responsabilidade do Instituto Nacional de Estudo e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP.

A Polícia Militar da Paraíba determinará, para cada candidato, uma média final, calculando-se a média aritmética de todas as notas do ENEM 2019, de modo que a média final tenha duas casas decimais, desprezando-se as demais casas decimais resultantes do cálculo. No caso de empate nas médias finais, terá preferência, na ordem de classificação, o candidato com maior nota na prova de linguagens, códigos e suas tecnologias, do ENEM 2019.

Persistindo o empate, para estabelecer a ordem de classificação, deverá ter prioridade aquele candidato com maior nota na prova de ciências humanas e suas tecnologias, também do ENEM 2019. Por fim, se mesmo assim ainda persistir o empate, será mais bem classificado o candidato mais idoso, considerando-se dia, mês e ano do nascimento.

O exame será aplicado nos dias 03 e 10 de novembro. Veja os horários (de Brasília):

  • 12h – Abertura dos portões
  • 13h – Fechamento dos portões
  • 13h a 13h30 – Procedimentos de segurança na sala de prova
  • 13h30 – Início das provas
  • 19h – Término das provas no primeiro dia
  • 18h30 – Término das provas no segundo dia

Serão 4 provas objetivas, com 45 questões envolvendo conhecimentos nas áreas de:

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
  • Matemática e suas Tecnologias.

1 redação, de no máximo 30 linhas

  • Texto dissertativo-argumentativo a partir de uma situação-problema.

 

Leia mais ...

Governo vai gastar R$ 2,5 milhões para alugar carros de Bolsonaro e Mourão

O governo federal vai gastar R$ 2,5 milhões para alugar carros nas regiões do Nortes e Centro-Oeste. De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, os veículos vão ser usados pelo presidente Jair Bolsonaro e o vice Hamilton Mourão em eventos oficiais.

Segundo a coluna, o edital publicado no site da Secretaria da Presidência informa que a empresa que vencer a licitação deverá disponibilizar 32 veículos ao governo.

São exigidos, por exemplo, dois carros blindados do tipo sedan com quatro portas e com película protetora nos vidros laterais e traseiro.

Ainda conforme o jornal, o documento afirma que a locação resultará "em economia significativa à administração pública em comparação com a manutenção de uma frota própria para atender tal finalidade". O contrato tem vigência de um ano.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS

Mapa de Seções

Entretenimento

Notícias Locais

Sobre Nós

Nos Siga

×

Se inscreva e fique por dentro!

Seja o Primeiro a saber quando anunciarmos uma promoção

Check out our Privacy Policy & Terms of use
You can unsubscribe from email list at any time