Itens filtrados por data: Monday, 20 May 2019

MP apoiará criação de fundo de enfrentamento à violência contra a mulher na Bahia

A procuradora-geral de Justiça Ediene Lousado ofereceu o apoio do Ministério Público do Estado da Bahia à criação do Fundo Estadual de Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres, que visa fortalecer a política estadual de enfrentamento à violência e o combate ao feminicídio. A definição foi feita em reunião realizada na manhã desta quinta-feira, dia 16, na sede do MP, com a deputada estadual Fabíola Mansur e a coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Defesa dos Direitos Humanos (Caodh), promotora de Justiça Márcia Teixeira. O projeto encontra-se sob análise do governador Rui Costa.

A indicação de criação do fundo tramitou na Assembleia Legislativa da Bahia em 2015 e, no início deste ano, foi proposto que ele fosse batizado com o nome da estudante Eva Luana, que foi vítima de uma série de agressões, estupro e tortura no município de Camaçari, caso que comoveu todo o país. Segundo a deputada Fabíola Mansur, a criação do fundo possibilitará a ampliação da rede de serviços para as mulheres, como a prestação de assistência às vítimas, campanhas de prevenção e medidas pedagógicas, além de ações de apoio e acolhimento as mulheres violentadas, como as casas de abrigo e novas delegacias especializadas.

 

Fonte: NoticiaLivre

 
Leia mais ...

A Dona do Pedaço": Revelação de quem atirou em Amadeu já acontece no 2º episódio

"A Dona do Pedaço" estreou com tudo e não economizou em reviravoltas para conquistar o público. Logo no primeiro capítulo, Amadeu (Marcos Palmeira), noivo de Maria da Paz (Juliana Paes), levou um tiro no altar e ficou gravemente ferido.

Mas, afinal, quem foi o responsável pelo atentado? Foi alguém da família Ramirez ou Matheus? O mistério não vai durar muito tempo e Dulce (Fernanda Montenegro), avó da mocinha, logo vai confessar ter sido responsável pelo disparo.

Reprodução/GloboPlay
© Reprodução/GloboPlay Reprodução/GloboPlay

A principal suspeita de ter cometido o crime é Zenaide (Maeve Jinkings), que poderia ter tentado matar o noivo da irmã, Maria da Paz, para vingar o assassinato de seu marido, Hélcio (Dionísio Neto).

Por outro lado, "A Dona do Pedaço" vai levar ao ar uma sequência que mostrará que Zenaide, foi na realidade, cúmplice da avó, além de exibir o momento exato que Dulce atira em Amadeu.

Globo/João Miguel Júnior
© Globo/João Miguel Júnior Globo/João Miguel Júnior

Maria da Paz chamará a irmã para conversar e fará com que ela confesse que o atentado foi promovido pela própria família. Em seguida, Dulce aparecerá e dirá para a neta que foi responsável pelo crime.

Muito abalada, a mocinha tentará entender o motivo da avó ter feito tanto mal para ela, mas a matriarca dos Ramirez deixará bem claro que não quer que ela viva no meio da família rival.

Globo/João Miguel Júnior
© Globo/João Miguel Júnior Globo/João Miguel Júnior

O pior de tudo será que Ticiana (Áurea Maranhão), irmã de Amadeu, escutará toda a revelação e não perderá tempo em contar para a família. Com isso, os Matheus darão início ao seu processo de vingança - que, por sinal, mudará TUDO na novela.

Esperava que fosse a Dulce?

Leia mais ...

Vitória anuncia contratação de Osmar Loss

O Vitória já tem um novo treinador. Osmar Loss foi anunciado na manhã desta terça-feira pelo presidente do clube, Paulo Carneiro, através de sua conta no Twitter. O novo treinador do Vitória inicia os trabalhos na tarde desta terça-feira. De acordo com o presidente do clube, ele chega apenas com um auxiliar técnico. Na segunda, o Rubro-Negro já havia acertado o retorno do preparador físico Ednilson Sena.

O Vitória será o quinto clube da carreira de Osmar Loss como treinador profissional. Em 2009, ele foi contratado pelo Juventude, onde ficou por oito meses. Ele comandou a equipe gaúcha por 30 jogos: seis vitórias, 11 empates e 13 derrotas. Em 2015, assumiu o Bragantino após uma parceria da equipe com o Corinthians, onde ficou por três meses. Depois de carreira na base do Corinthians, ele assumiu o time principal em maio do ano passado e foi demitido da função em setembro depois de 25 partidas, com dez vitórias, dez derrotas e cinco empates. Em dezembro, foi contratado pelo Guarani e iniciou a temporada na equipe de Campinas, onde ficou apenas três meses: 12 jogos, sendo quatro vitórias, dois empates e seis derrotas.

Na segunda-feira, em entrevista do GloboEsporte.com, o presidente do Vitória disse que pretendia contratar um técnico com o perfil do clube para substituir Claudio Tencati. De acordo com ele, o novo treinador deveria ser vencedor e identificado com o projeto do Rubro-Negro.

Leia mais ...

Governadores de 13 estados e do DF divulgam carta aberta contra decreto de armas de Bolsonaro

Governadores de 13 estados e do Distrito Federal divulgaram nesta terça-feira (21) uma carta aberta contra o decreto de armas, editado pelo presidente Jair Bolsonaro, no começo do mês.

Na avaliação do grupo, o decreto que amplia o direito do cidadão à arma vai aumentar a violência no país.

"Achamos que isso não vai ajudar, pelo contrário. O que aguardamos é sermos chamados pelo governo federal para debatermos a política de segurança pública do país", afirmou ao blog o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), um dos signatários do documento.

Na carta (veja abaixo), as autoridades de 13 estados e mais o Distrito Federal afirmam que "as medidas previstas pelo decreto não contribuirão para tornar nossos estados mais seguros. Ao contrário, tais medidas terão um impacto negativo na violência – aumentando por exemplo, a quantidade de armas e munições que poderão abastecer criminosos – e aumentarão os riscos de que discussões e brigas entre nossos cidadãos acabem em tragédias".

Camila Santana disse que não há previsão de entrega direta ao presidente Bolsonaro, com quem os governadores do Nordeste estarão reunidos na sexta-feira, na primeira viagem do presidente à região.

Além de Santana, assinam a carta Ibaneis Rocha (DF), Rui Costa (BA), Flavio Dino (MA), Renato Casagrande (ES), Helder Barbalho (PA), entre outros.

Nesta segunda-feira (21), o Jornal Nacional revelou que o decreto de Bolsonaro que regulamenta o uso e porte de armas no país libera compra de fuzil por qualquer cidadão.

O documento permite que as pessoas consigam comprar arma produzida pela Taurus. O Fuzil T4 foi criado em 2017 e se enquadra em novas especificações.

O decreto das armas está em vigor desde o início de maio. Ainda não há um cronograma para regulamentação, mas, desde que foi anunciado, o decreto dividiu opiniões.

O Ministério Público Federal, em Brasília, pediu a suspensão do decreto. Atualmente, existem três ações contra o decreto na Justiça Federal e três no Supremo Tribunal Federal (STF).

Veja a íntegra da carta dos governadores:

Carta dos Governadores sobre o Decreto Presidencial n. 9.785 (07 de maio de 2019) e a Regulação Responsável de Armas e Munições no País

Como governadores de diferentes estados do país, manifestamos nossa preocupação com a flexibilização da atual legislação de controle de armas e munições em razão do decreto presidencial n. 9.785 (07 de maio de 2019) e solicitamos aos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário da União que atuem tanto para sua imediata revogação como para o avanço de uma efetiva política responsável de armas e munição no país.

Sabemos que a violência e a insegurança afetam grande parte da população de nossos estados e que representam um dos maiores obstáculos ao desenvolvimento humano e econômico do Brasil. Nesse contexto, a grande disponibilidade de armas de fogo e munições que são usadas de maneira ilícita representa um enorme desafio para a segurança pública do país e é preciso enfrentá-lo.

Por essa razão, é urgente a implementação de ações que melhorem a rastreabilidade das armas de fogo e munições durante toda a sua existência, desde sua produção. Também é fundamental aumentar os meios de controle e fiscalização para coibir os desvios, enfrentar o tráfico ilícito e evitar que as armas que nascem na legalidade caiam na ilegalidade e sejam utilizadas no crime. Reconhecemos que essas não são soluções mágicas, mas são condições necessárias para a melhoria de nossa segurança pública.

Diante deste cenário, e a partir das evidências disponíveis, julgamos que as medidas previstas pelo decreto não contribuirão para tornar nossos estados mais seguros. Ao contrário, tais medidas terão um impacto negativo na violência – aumentando por exemplo, a quantidade de armas e munições que poderão abastecer criminosos – e aumentarão os riscos de que discussões e brigas entre nossos cidadãos acabem em tragédias.

As soluções para reverter o cenário de violência e insegurança no país serão fortalecidas com a coordenação de esforços da União, Estados e Municípios para fortalecer políticas públicas baseadas em evidências e para implementar o Plano Nacional de Segurança Pública e Defesa Social, fortalecendo a prevenção focalizada nas populações e territórios mais afetados pela violência e a repressão qualificada da criminalidade.

Reforçamos nosso compromisso com o diálogo e com a melhoria da segurança pública do país. Juntos, podemos construir um Brasil seguro para as atuais e futuras gerações.

IBANEIS ROCHA

Governador do Distrito Federal

FLÁVIO DINO

Governador do Estado do Maranhão

WELLINGTON DIAS

Governador do Estado do Piauí

PAULO CÂMARA

Governador do Estado de Pernambuco

CAMILO SANTANA

Governador do Estado do Ceará

JOÃO AZEVEDO

Governador do Estado da Paraíba

RENATO CASAGRANDE

Governador do Estado do Espírito Santo

RUI COSTA

Governador do Estado da Bahia

FÁTIMA BEZERRA

Governadora do Estado do Rio Grande do Norte

RENAN FILHO

Governador do Estado de Alagoas

BELIVALDO CHAGAS

Governador do Estado de Sergipe

WALDEZ GÓES

Governador do Estado do Amapá

MAURO CARLESSE

Governador do Estado do Tocantins

HELDER BARBALHO

Governador do Estado do Pará

Leia mais ...

Homem mata casal por dívida de R$ 500 no interior da Bahia

Um homem matou um casal em Itapetinga, no interior da Bahia, por conta de uma dívida de R$ 500, referente à venda de uma motosserra.Daniel Nunes de Souza, de 19 anos, foi preso poucas horas depois de assassinar Gervásio Moreira de Castro e Miriam Partenostro Ferreira Castro, na noite da última segunda-feira. De acordo com a Polícia Civil, Gervásio não cumpriu o prazo para pagar pela compra da ferramenta. Daniel confessou o crime após ter sido detido e levado à delegacia da região.

De acordo com a corporação, Daniel procurou Gervásio no distrito de Itaimbé, na zona rural de Potiraguá, e pediu para que ele lhe desse uma carona até a região de Teixeira do Progresso, na cidade vizinha Mascote. Durante o caminho, o criminoso pediu que a vítima parasse para checar um pneu. Foi então que o jovem o atacou com um facão, golpeando-o várias vezes na cabeça e, depois, levando seu corpo para um matagal, às margens da estrada.

A Polícia Civil informou que, após o crime, Daniel voltou para Itaimbé e foi até a casa de Gervásio, onde encontrou Miriam e a estrangulou. O criminoso teria entrado na residência alegando que fora buscar uma motosserra a pedido do marido da mulher. Daniel fugiu do imóvel com o celular da vítima e a ferramenta elétrica. O homem foi detido poucas horas depois e confessou os detalhes do crime na delegacia. Segundo a polícia, ele será encaminhado para audiência de custódia.

Leia mais ...

Correios fecharão mais 161 agências no país.

Maioria das unidades que serão desativadas ocupa imóveis alugados e está próxima de outras agências. De acordo com os Correios, “o atendimento será absorvido por outras agências próximas, sem prejuízo da continuidade e da oferta de serviços e produtos”.

Os Correios anunciaram o fechamento de mais 161 agências próprias até o dia 5 de julho. Os motivos são “readequação da rede de atendimento e da força de trabalho”. A maior parte das agências é no estado do Rio de Janeiro, sendo 24 na capital fluminense. Em seguida vem o estado de São Paulo, com 26 agências, sendo 15 na capital paulista (veja lista ao final da reportagem).

De acordo com os Correios, “o atendimento será absorvido por outras agências próximas, sem prejuízo da continuidade e da oferta de serviços e produtos”.

A maioria das unidades que serão desativadas ocupa imóveis alugados e está próxima de outras agências.

Os empregados dessas agências serão transferidos para outras unidades com vagas em outros municípios ou poderão optar pelo reenquadramento de atividade. Quem for atendente comercial das agências que serão fechadas pode pedir transferência para o cargo de carteiro, segundo comunicado interno dos Correios.

Outra opção aos atendentes comerciais é aderir ao Plano de Desligamento Voluntário (PDV) anunciado este mês, cujas inscrições vão até 12 de junho. Os Correios esperam a adesão de 7,3 mil empregados.

Para os demais cargos, até a data de fechamento das agências, haverá orientação sobre a transferência para unidades que abrangem a atividade ou especialidade do cargo.

 

 

  • Publicado em Brasil
Leia mais ...

Correios fecharão mais 161 agências no país.

Maioria das unidades que serão desativadas ocupa imóveis alugados e está próxima de outras agências. De acordo com os Correios, “o atendimento será absorvido por outras agências próximas, sem prejuízo da continuidade e da oferta de serviços e produtos”.

Os Correios anunciaram o fechamento de mais 161 agências próprias até o dia 5 de julho. Os motivos são “readequação da rede de atendimento e da força de trabalho”. A maior parte das agências é no estado do Rio de Janeiro, sendo 24 na capital fluminense. Em seguida vem o estado de São Paulo, com 26 agências, sendo 15 na capital paulista (veja lista ao final da reportagem).

De acordo com os Correios, “o atendimento será absorvido por outras agências próximas, sem prejuízo da continuidade e da oferta de serviços e produtos”.

A maioria das unidades que serão desativadas ocupa imóveis alugados e está próxima de outras agências.

Os empregados dessas agências serão transferidos para outras unidades com vagas em outros municípios ou poderão optar pelo reenquadramento de atividade. Quem for atendente comercial das agências que serão fechadas pode pedir transferência para o cargo de carteiro, segundo comunicado interno dos Correios.

Outra opção aos atendentes comerciais é aderir ao Plano de Desligamento Voluntário (PDV) anunciado este mês, cujas inscrições vão até 12 de junho. Os Correios esperam a adesão de 7,3 mil empregados.

Para os demais cargos, até a data de fechamento das agências, haverá orientação sobre a transferência para unidades que abrangem a atividade ou especialidade do cargo.

 

 

  • Publicado em Brasil
Leia mais ...

Juíza nega pedido de absolvição sumária de Elinaldo, acusado de comandar jogo do bicho

Para a magistrada Bianca Gomes da Silva, “há prova da materialidade” dos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro e contravenção de jogo de azar

A juíza Bianca Gomes da Silva, da 2ª Vara Criminal da Comarca de Camaçari, negou pedido de absolvição sumária do prefeito Antônio Elinaldo (DEM), acusado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) de comandar um esquema de jogo do bicho, e manteve audiência agendada no caso.

Elinaldo chegou a ser preso preventivamente em dezembro de 2015, quando ainda era vereador, mas foi solto um dia depois.

Em abril do ano passado, a ação criminal contra o democrata foi enviada ao Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), que determinou, em julho, o julgamento em primeira instância.

Para a magistrada, “há prova da materialidade” dos crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro e contravenção de jogo de azar, além de “indícios suficientes de autoria de sua prática por parte dos denunciados”.

Além de Elinaldo, foram denunciados sua mulher Ivana Paula Moreira de Souza da Silva, seu irmão Cristiano Araújo da Silva, seu cunhado Ivan Pedro Moreira de Souza, seu sogro Pedro de Souza Filho e Hélio Leitão dos Santos.

Fonte: Bahia.ba

Leia mais ...
Assinar este feed RSS

Mapa de Seções

Entretenimento

Notícias Locais

Sobre Nós

Nos Siga

×

Se inscreva e fique por dentro!

Seja o Primeiro a saber quando anunciarmos uma promoção

Check out our Privacy Policy & Terms of use
You can unsubscribe from email list at any time