Itens filtrados por data: Friday, 07 June 2019

Jovem desaparecido em Camaçari é encontrado morto.

O Jovem garoto estava desaparecido desde a última quinta-feira 06/06

O corpo do adolescente foi encontrado com marcas de projeteis de arma de fogo, atrás de uma creche, na Rua do Limoeiro, na cidade de Camaçari, nesta sexta-feira (7).
 A remoção do corpo foi feita pelo Departamento de Polícia Técnica de  Camaçari.


Ainda não há informações sobre a autoria bem como a motivação do crime

Leia mais ...

Andre Matos: Morreu a lenda do Metal nacional

Ex-vocalista e fundador do Angra, o músico André Matos morreu neste sábado aos 47 anos. A notícia foi anunciada pelo baterista Ricardo Confessori, que também integrou o Angra, no Instagram. Por enquanto, a causa da morte não foi informada. Fãs falam em ataque cardíaco, mas ainda não há uma confirmação oficial.

 "O destino nos uniu, nos separou, nos reuniu e agora pregou mais essa com a gente. É com profunda dor em nossos corações que nos despedimos do Andre mais uma vez, desta vez de forma definitiva. Além da ferida que jamais cicatrizará, e mesmo sabendo que passamos momentos gloriosos junto ao nosso companheiro e amigo, restará pra sempre o melhor dele em nossos corações", publicou Confessori, em um texto assinado também por Hugo Mariutti, Luís Mariutti, Fábio Ribeiro e Rick Dallal.
 

Nascido em São Paulo em 1971, André formou o Viper com os amigos de colégio Felipe Machado, Yves Passarell (guitarras, o segundo hoje integrante do Capital Inicial), Pit Passarell (baixo) e Cássio Audi (bateria). A princípio uma brincadeira de adolescentes, a banda, que fazia heavy metal em inglês, cresceu e se tornou, na época, uma das maiores do Brasil, atrás do Sepultura, construindo uma carreira internacional.

Fã de música clássica, André deixou o Viper e fundou o Angra em 1991. Militando na seara do metal melódico, a banda conquistou um lugar importante com discos como “Angel’s cry” e “Holy land”, com boa presença no exterior, em países como a Alemanha e o Japão. Após desentendimentos no Angra, André formou o Shaman, que também teve uma carreira de sucesso.

  • Publicado em Brasil
Leia mais ...

Ex-motorista acusa deputado Alexandre Frota de usá-lo como laranja e praticar caixa 2

epois do famoso caso de Fabrício Queiroz, ex-motorista de Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) apontado como laranja do senador, veio à tona neste sábado (8) que outro motorista teria atuado como laranja para outro parlamentar da legenda de Jair Bolsonaro. Em maio, Marcelo Ricardo Silva prestou um depoimento ao Ministério Público de São Paulo em que afirmou que era laranja do deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP), vice líder do governo na Câmara. As informações são da Folha de S. Paulo.

 
Silva, ao MP, contou que assumiu a titularidade de duas empresas de Frota, com promessas de recompensas, e que repassava dinheiro que caia em sua conta ao deputado e sua esposa. Além disso, o ex-motorista teria ainda trabalhado na campanha do parlamentar e pago com recursos não declarados à Justiça Eleitoral.
 
As relações entre Frota e o motorista remontam a 2017. Daquele ano até a eleição do parlamentar, em 2018, Silva assumiu a titularidade de duas empresas do deputado com a promessa de ser compensado financeiramente por isso: a F.R. Publicidade e Atividades Artísticas e a DP Publicidade Propaganda e Eventos Ltda. A recompensa financeira, de acordo com o ex-motorista, no entanto, nunca teria acontecido.
 
Ao jornal Folha de S. Paulo, Silva revelou ainda que, constantemente, recebia dinheiro de terceiros que desconhecia a origem e que era obrigado a, periodicamente, repassar os valores à esposa de Frota. Os repasses teriam chegado, segundo o ex-motorista, a R$70 mil.

“Caía na minha conta e ele passava: ‘os ingressos já foram emitidos’. Eu já sabia que era para ir no banco sacar dinheiro e transferir para a esposa dele”, disse ao jornal.

Marcelo Ricardo Silva, além dos serviços de motorista, chegou a trabalhar no gabinete de Frota na Câmara dos Deputados até fevereiro deste ano, quando foi exonerado. O deputado federal alega que o demitiu em razão de “insubordinação e condutas inadequadas”.

À Folha de S. Paulo, Frota disse que todas as relações com seu ex-funcionário foram legais e que está sendo vítima de “práticas de ameaças e extorção”. Informou ainda que entrará com uma representação criminal contra o ex-motorista.

Leia mais ...

JUSTIÇA DA BAHIA SUSPENDE BLOQUEIO DE VERBAS PARA UNIVERSIDADES FEDERAIS

A juíza Renata Almeida de Moura Isaac, da 7ª Vara Federal Cível e Agrária da Bahia, determinou nesta sexta 7 a suspensão dos bloqueios realizados pelo Ministério da Educação (MEC) sobre verbas para universidades federais. A magistrada deu um prazo de 24 horas para que a decisão seja cumprida sob pena de multa no valor de 100.000 reais por dia.

A decisão foi feita com base em oito ações impetradas contra a União, o Ministério da Educação, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro Abraham Weintraub, que foram ajuizadas por vários autores, entre eles, o Diretório Central dos Estudantes da Universidade de Brasília (UnB) e a Defensoria Pública da União.

“Concluo que o contingenciamento de verbas das instituições de ensino federais, sobretudo quando praticada em considerável percentual, não pode prescindir de prévio estudo técnico e minucioso, inclusive com a participação dos representantes destas instituições, para fins de se garantir que o bloqueio incidente sobre as verbas discricionárias não interferirá na continuidade das atividades acadêmicas”, afirmou a juíza no processo. O MEC informa que ainda não foi notificado.

Em maio, Weintraub anunciou o bloqueio de 30% nas chamadas despesas discricionárias previstas no orçamento de universidades e institutos federais. O ministério informa que o contingenciamento incide sobre os 13,8% de despesas destinadas a custeio, previstas no orçamento das universidades federais em 2019, que é da ordem de 49,6 bilhões de reais. Sendo assim, conforme o MEC, o bloqueio atinge 3,4% do orçamento total das instituições. Não são contingenciadas despesas com pessoal (salários e benefícios), que são 85,34% do orçamento das universidades federais neste ano, assim como os 0,83% de recursos para cumprimento de emendas parlamentares impositivas.

No mesmo mês, duas manifestações foram realizadas contra a decisão do MEC. A maior delas, aconteceu no dia 15 e contou com atos nos 26 estados e no Distrito Federal, em diferentes proporções. Segundo a União Nacional dos Estudantes (UNE), que convocou os atos, 1,5 milhão de pessoas foram aos protestos.

Leia mais ...

14 atletas de Camaçari conquistam medalhas no Campeonato Brasileiro de Karatê

Karatecas de Camaçari trouxeram bons resultados para casa. Representando a Bahia, eles participaram da 3ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Karatê. Dos 27 atletas, 14 conquistaram medalhas (seis de ouro, uma de prata e sete de bronze) e estão classificados para a grande final, que acontecerá de 8 a 13 de outubro, na cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul.
 
O evento foi realizado no período de 23 a 26 de maio, na cidade de Recife, em Pernambuco. Os atletas, que concorreram pelos clubes Vulkão Karatê Clube, Askalin e KI Karatê, receberam apoio da Prefeitura de Camaçari, por intermédio da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude de Camaçari (Sejuv).
 
Durante os quatro dias do evento, o titular da Sejuv, o secretário Sessé Abreu, acompanhou os esportistas e esteve presente nas competições. “É com muita felicidade e orgulho que recebemos os resultados, que é fruto dos trabalhos desenvolvidos em prol do esporte em Camaçari”, destacou.
 
Os atletas têm como técnicos os senseis (professores) Lenise Guedes (Vulkão Karatê Clube), Alberto Cunha (Askalin) e Ana Paula Silva (KI Karatê – Dô).
Leia mais ...
Assinar este feed RSS

Mapa de Seções

Entretenimento

Notícias Locais

Sobre Nós

Nos Siga

×

Se inscreva e fique por dentro!

Seja o Primeiro a saber quando anunciarmos uma promoção

Check out our Privacy Policy & Terms of use
You can unsubscribe from email list at any time